SOBRE NÓS

Somos uma Igreja Pentecostal, fundamentada na doutrina dos Apóstolos. Cremos nos dons espirituais e na manifestação dos mistérios de Deus. (Atos 2.42-47)

LOCALIZAÇÃO

Sede Nacional

Rua Damas Ribeiro, 247 - Eldorado - Contagem - Minas Gerais - CEP: 32310-470

 

contato@ipvg.com.br

(31) 3351-9980

CADASTRE
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 - Todos os direitos reservados ao Ministério de Comunicação Varões de Guerra.

logo-IdeerStudioArt.png

ARTIGOS E NOTÍCIAS

Abigail, Um caráter encantador.

Atualizado: 1 de Ago de 2018


Na Bíblia temos vários exemplos de mulheres de Deus, mulheres que fizeram a diferença em sua geração pelo seu caráter, conduta e sabedoria, umas destas mulheres com caráter encantador foi Abigail e hoje vamos aprender um pouco mais sobre sua forma de agir e pensar. Você ficará feliz com a historia desta mulher encantadora cujo nome significa “motivo de alegria”, trará grande contentamento em seu coração.

Abigail era bonita, inteligente e foi casada com Nabal (cujo nome significa “tolo”) e de fato ele foi um homem tolo, beberrão e de duro coração. Aparentemente Abigail vivia em um casamento infeliz por conta do gênio do seu marido. Ela tinha de tudo para ser uma mulher difícil, dura, acusadora, insensata, mas ao contrario disto ela tinha um comportamento admirador, por mais dificuldades que ela enfrentava por ter um relacionamento difícil com seu marido, ela conseguia ser uma mulher leal, tinha firmeza de caráter e confiança, era fiel a palavra de Deus e às pessoas que faziam parte de sua vida. Ela não deixou seus princípios e valores serem feridos pelo fato de outra pessoa não ter o seu interior curado, ela deixava ser moldada pelo lado de dentro e sua beleza interior transparecia na sua beleza exterior.

Abigail tinha um coração voltado para o Senhor, e quando seu marido agiu tolamente, se recusando a ser generoso com o guerreiro Davi e pondo em risco toda a sua casa e seus servos, Abigail agiu rapidamente apaziguando a ira de Davi e salvando seu marido, seus servos e ela própria. Abigail certamente buscou no Senhor uma direção sábia e o Senhor a deu. Ela buscou o discernimento no Senhor, pois ela sabia que Davi podia aniquilar tudo o que estivesse em seu caminho. Afinal, matara dez mil pessoas (1SM 21.11).

Nabal se recusou a ajudar Davi e seu exercito. Um dos servos de Nabal não acreditando na atitude do seu patrão teve a iniciativa de falar com Abigail o que estava acontecendo, ela escutou com cuidado o que esteve seu servo tinha para lhe dizer sobre Davi e ele disse somente coisas boa dele, disse que Davi e seus homens não atrapalhavam em nada muito pelo contrario eles não roubaram nada de Nabal e estavam ali os protegendo. Abigail reconhecendo que Davi era um homem de Deus apressou-se a ir ao encontro dele, e tomou duzentos pães, e dois odres de vinho, e cinco ovelhas guisadas, e cinco medidas de trigo tostado, e cem cachos de passas, e duzentas pastas de figos passados, e os pôs sobre jumentos.

Encontrando com Davi ela prostrou-se diante dele e inclinou-se a terra, demonstrando humildade ela lhe disse palavras sábias, ela pediu que ele ignorasse o que seu marido Nabal havia dito, pois era um homem tolo, que não sabia o que falava e tomou a culpa dele para ela, ela foi fiel ao seu marido, pois poderia ter jogado toda culpa nele. Abigail pediu para que Davi não matasse a Nabal, pois ele estaria fazendo justiça com as próprias mãos, que ele se vingaria por si mesmo e que Deus guerreia em favor dos seus, que Deus seria juiz entre ele e Nabal e que assim ele não ficaria com esta culpa para o resto de sua vida. Ela demonstrou ser criteriosa no momento certo (quando falou), na escolha das palavras (o que falou) e na maneira de agir (como falou). “A língua branda esmaga ossos” Pv.25.15

Davi escutou as palavras de Abigail e pôde perceber que ela era uma mulher virtuosa, uma mulher de caráter admirador e de língua branda, as palavras daquela mulher surgiram efeito em Davi.

Chegando a casa, Nabal havia bebido e estava embriagado, então Abigail resolveu não lhe contar nada do que havia acontecido. Novamente ela teve uma atitude impar, se ela tivesse contado a Nabal tudo o que havia ocorrido com ele naquele estado ela poderia provocar uma contenda ainda maior, pois ele não estava sóbrio e era um homem insensato, mas sabendo que seu marido era um homem tolo, ela esperou o dia seguinte para lhe falar sobre tudo o que tinha ocorrido.

Ela esperou o momento certo para conversar com Nabal e na hora que ele escutou se amorteceu o seu coração e ele ficou como pedra, passados dez dias feriu o Senhor a Nabal e ele morreu.

Aconteceu tudo da forma como Abigail previu, o Senhor vingou a Nabal por causa de Davi que era um homem de Deus e Davi glorificou a Deus por ele não ter tido uma atitude tola em ter matado a Nabal com as próprias mãos. Depois disto ela estando viúva Davi a tomou como esposa. Abigail certamente encantou a Davi pela maneira de pensar e agir, ela demonstrou a Davi que era uma mulher integra, que foi fiel a seu marido Nabal mesmo ele sendo um homem ruim,.

O que podemos aprender com Abigail?

Ela era uma mulher temente a Deus. "O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo é entendimento.” Provérbios 9:10.

Tinha Humildade, bondade, mansidão e paciência em agir no momento certo. “Portanto, como povo escolhido de Deus, santo e amado, revistam-se de profunda compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência.” Colossenses 3:12.

Foi fiel ao Senhor e as pessoas que convivia. “Da mesma sorte as esposas sejam honestas, não maldizentes, sóbrias e fieis em tudo.” 1Tm. 3:11.

Tinha sabedoria no agir, no falar e no esperar. “Mas a sabedoria que vem do alto é antes de tudo pura; depois, pacífica, amável, compreensiva, cheia de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sincera.” Tiago 3:17.

Quando os outros observam as qualidades que compõem o seu caráter, o que eles notam? Que tal pedirmos ao Senhor para que Ele nos ajude a sermos como Abigail? Ore ao Senhor neste momento e peça para que Ele molde o seu caráter naquilo que você tem dificuldade, é na fraqueza do nosso ser que o Senhor manifesta o Seu poder, então decida ser uma mulher diferenciada, com uma conduta exemplar, seja fiel a Deus e a aqueles que convivem com você. Que possamos ser humildes, ter sabedoria, discrição, fidelidade e piedade.

Com carinho,

Débora Fernandes.



Notas: Elizabeth George, Mulheres que amaram a Deus. P.171-175.